ARTIGOS

Você está em - Home - Artigos - Ressonância magnética e espectroscopia do sistema cardiovascular murino

Ressonância magnética e espectroscopia do sistema cardiovascular murino



A ressonância magnética (RM) surgiu como uma ferramenta poderosa e confiável para o estudo não invasivo do sistema cardiovascular na prática clínica. Como os modelos de camundongos transgênicos assumiram um papel crítico na pesquisa cardiovascular, os avanços tecnológicos na ressonância magnética foram estendidos aos camundongos na última década. Estes forneceram insights críticos sobre morfologia cardíaca e vascular, função e fisiologia / fisiopatologia em muitos modelos murinos de doença cardíaca. Além disso, a espectroscopia de ressonância magnética (MRS) permitiu o estudo não destrutivo do metabolismo do miocárdio em corações isolados e em camundongos intactos. Este artigo revisa as técnicas atuais e importantes percepções fisiopatológicas da aplicação da tecnologia MRI / MRS a modelos murinos de doença cardiovascular.

Fonte: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC3602757/

VEJA TAMBÉM:

  • Monitoramento da ressonância magnética da evolução da lesão na esclerose múltipla
  • Espectroscopia de ressonância magnética para avaliar a neuroinflamação e a dor neuropática


  • Texto Original



    Magnetic resonance imaging (MRI) has emerged as a powerful and reliable tool to noninvasively study the cardiovascular system in clinical practice. Because transgenic mouse models have assumed a critical role in cardiovascular research, technological advances in MRI have been extended to mice over the last decade. These have provided critical insights into cardiac and vascular morphology, function, and physiology/pathophysiology in many murine models of heart disease. Furthermore, magnetic resonance spectroscopy (MRS) has allowed the nondestructive study of myocardial metabolism in both isolated hearts and in intact mice. This article reviews the current techniques and important pathophysiological insights from the application of MRI/MRS technology to murine models of cardiovascular disease.

    VEJA TAMBÉM:

  • Resultados gestacionais adversos depois de uma tela de falso-positivo para a síndrome de Down usando múltiplos marcadores.
  • Prevalência de defeitos do tubo neural em 20 regiões da Europa e do impacto do diagnóstico pré-natal, 1980-1986